Saúde Infantil

Relaxamento: 7 técnicas para acalmar as Crianças

Marcelle da Costa
Escrito por Marcelle da Costa

Em tempos de internet e videojogos é comum as crianças passarem horas seguidas sendo superestimuladas com estas distrações, o que pode acarretar ansiedade e agitação. Sendo assim, pode ser interessante adotar algumas estratégias para conseguir acalmar e relaxar a mente da criança. Veja o que pode fazer.


1. Ouvir Música Calma

Pode definir um limite e decretar que chegou a hora de parar com os estímulos externos para a criança se acalmar. Uma boa forma de fazer essa transição de um mundo virtual superagitado é colocar uma música mais tranquila e sentar um pouco no sofá ou na cama para desfrutar dessa canção. Não precisa ser música clássica, respeite o gosto do seu filho, mas pode colocar ao menos uma música romântica, tipo balada para ele curtir e descansar um pouco.

2. Fazer Desenhos ou pintar Mandalas

Retirar todos os estímulos externos e focar a atenção da criança em apenas fazer um desenho usando papel e tinta ou pintar desenhos que goste é uma boa estratégia. Existem milhões de desenhos na internet prontos para imprimir e serem coloridos. Veja os nossos desenhos para colorir.

3. Tomar um banho morno e relaxante

Nada melhor do que um bom banho para relaxar o corpo e a mente. Leve o seu filho para o banho e deixe a água correr por alguns minutos na cabeça dele, enquanto você o orienta para respirar fundo. Se tiver a possibilidade de usar uma bacia grande ou uma banheira, pode deixá-lo ‘de molho’ por alguns minutos enquanto conversa com ele ou faz brincadeiras mais calmas na água.

4. Massagem com uma bolinha

Depois do banho pode fazer uma bela massagem no seu pequeno, pode aproveitar para passar um creme hidratante ou mesmo deslizar uma bolinha de tênis nas suas costas, braços e pernas. O ambiente pode fazer a diferença, por isso deixe a luz de presença acesa ou então deixe a luz do quarto apagada mantendo a porta entreaberta para que entre um pouco da luz da sala ou do corredor. Saiba como fazer uma massagem Shantala.

5. Respiração especial

Uma das formas clássicas de conseguir diminuir um pouco a agitação e o ritmo cardíaco para ficar mais descansado e relaxado é controlando a respiração. Pode ensinar o seu filho a como se acalmar somente recorrendo à respiração. Técnica bastante útil para que ele possa adotar quando estiver sozinho na escola, por exemplo. Basta ensiná-lo a encher a barriga de ar, como se fosse um balão e depois expirar bem devagarinho como se fosse apagar uma vela suavemente.

6. Alongar o corpo

Fazer alguns exercícios de alongamento pode parecer uma verdadeira chatice para as crianças, mas se ela encarar isso como uma brincadeira, pode achar divertido e isso também a vai ajudar a manter-se mais calma e relaxada. Pode incentivar com orientações do tipo:

  • Vamos encolher o corpo como se fosse uma tartaruga que se esconde dentro do seu casco;
  • Vamos esticar o corpo como se fosse um coelho a correr querendo chegar em lugar na corrida.

7. Usar a imaginação

Peça a criança para ficar deitada com os olhos fechados, enquanto segue as suas orientações. Você dizer algo do tipo:

  • Imagine que é uma girafa e está cheirando uma flor que está lá no alto da árvore;
  • Agora imagina que tem um barquinho de papel num rio bem tranquilo, ele anda devagarinho até parar, que tal você assoprar um pouquinho para que o barquinho possa continuar seu caminho?
  • Que tal imaginar que você está voando ao lado dos pássaros? Olhe lá, uma lagoa bem azul e tem um coelhinho a dormir ao sol, bem tranquilo.

Fique atenta

Existem momentos que podem ser mais difíceis de fazer uma criança relaxar, por exemplo, dentro de um shopping quando ela está superagitada por ter saído do parquinho. Espere um pouco, um local mais calmo, com menos luz favorece o relaxamento, por isso dentro de um centro comercial pode ser perda de tempo, prefira ensinar a criança no carro ou em casa, antes de dormir, por exemplo.

Sobre o Autor

Marcelle da Costa

Marcelle da Costa

Fisioterapeuta credenciada, com formação em Psicomotricidade e Desenvolvimento Infantil.
Empreendedora social, prática e sempre pronta a ajudar!