Gravidez

Gravidez: como saber a data provável do parto?

Marcelle da Costa
Escrito por Marcelle da Costa

Logo depois da mulher descobrir que está grávida a 1ª pergunta que vem à mente é: Quando o bebê vai nascer? Uma informação super importante para que a família possa se programar para a chegada do novo integrante. Você pode saber este dia mágico da seguinte forma:


1) Pela data da última menstruação

É possível saber a data provável do parto com base no 1º dia da sua última menstruação. Se você possui essa informação basta somar 280 dias (40 semanas) para saber a data em que o bebê deve nascer, e não esqueça que o ano só tem 365 dias, por isso pode ser preciso passar para alguns dias/meses para o próximo ano.

Você pode ficar se perguntando: Mas se estava menstruada, não estava grávida nesse dia! Mas isso não importa, a concepção (ou seja, o momento em que houve o encontro do óvulo com o espermatozóide, dando início à vida) aconteceu entre 10 a 15 dias depois disso e estes dias ficam dentro do período compreendido entre as 37 e 42 semanas em que é esperado o bebê nascer.

2) Pelo ultrassom

Outra forma mais segura de confirmar quando é a data provável do parto é através do exame físico, onde o médico ou enfermeiro mede a altura uterina e visualiza o bebê pelo exame de ultrassom. Pelo seu tamanho o médico consegue dizer com certeza quando o bebê irá completar as 40 semanas de gestação, que é a data prevista do parto.

No entanto, é preciso levar em consideração que o bebê está pronto para nascer à partir das 37 semanas de gestação, mas que pode nascer até as 42 semanas, então as 40 são apenas uma média, e o bebê pode nascer um pouco antes ou depois dessa data, sem qualquer problema.

Sinais de parto

Entretanto, se houver alguma situação específica, o parto pode acontecer de forma prematura, e o bebê não respeitar a data prevista de parto (DPP) e por isso é tão importante fazer o seguimento do pré-natal para ir acompanhando o crescimento e desenvolvimento fetal.

Os sinais de que o parto está para acontecer incluem dor ou desconforto no fundo das costas, contrações que são cólicas muito fortes e a saída do rolhão mucoso, que é uma secreção espessa que pode conter fios de sangue que começa a ser eliminado pela vagina alguns dias antes do nascimento.

O que fazer se o parto estiver para acontecer antes da DPP?

Se seu médico informou uma DPP e ainda faltam algumas semanas para á chegar e você está sentindo muitas cólicas (contrações uterinas) e desconfia que o bebê vai nascer, deve contactar seu médico assim que possível. Você pode tentar uma chamada telefônica, ou mensagens de Whatsapp, se for possível. Caso não consiga falar com o médico que acompanha sua gravidez, deve ir ao Posto onde é assistida para tirar dúvidas e verificar se está tudo bem contigo e com o bebê.

Sobre o Autor

Marcelle da Costa

Marcelle da Costa

Fisioterapeuta credenciada, com formação em Psicomotricidade e Desenvolvimento Infantil.
Empreendedora social, prática e sempre pronta a ajudar!