Saúde Infantil

5 Doenças respiratórias mais comuns na infância

Marcelle da Costa
Escrito por Marcelle da Costa

As doenças respiratórias são bastante comuns nas crianças, e na sua grande maioria, autolimitadas (tem hora para acabar) e são de fácil resolução trazendo alívio para os pais e educadores. Indicamos aqui algumas das mais comuns:


1.Resfriado

Que atire a primeira pedra quem nunca viu uma criança com o nariz escorrendo. Essa secreção nasal é sempre causada por um vírus e dura até 10 dias. Causa espirros, tosse, secreção nasal e moleza, mas não há necessidade de tomar nenhum medicamento, apenas garantir a boa hidratação e ir oferecendo sempre água, suco ou chá ao longo do dia. Uma sopinha ou canja de galinha também são bem-vindas!

2. Gripe

A gripe já uma situação um pouco mais grave, sendo a evolução de um resfriado. A diferença é que no caso do resfriado os vírus estão apenas no trato respiratório superior afetando mais o nariz e a garganta, enquanto que na gripe o vírus já atingiu os pulmões. Neste caso, a tosse é mais forte, pode ter muito catarro e ser necessário tomar algum medicamento indicado pelo médico para fluidificar as secreções, removendo-as dos pulmões.

3. Asma

A asma afeta um grande número de crianças e causa dificuldade para respirar, chiado no peito e necessidade de tomar um medicamento para normalizar a respiração. Em algumas crianças a asma pode durar apenas uma fase e desaparecer após algum tempo, mas também existem casos onde a doença permanece por toda vida. Felizmente com o medicamento correto, indicado pelo médico, a doença é fácil de tratar e conviver.

4. Bronquite

Consiste basicamente em catarro e inflamação crônica nos brônquios. Também precisa de medicamentos receitados pelo médico e pode durar somente alguns meses. Em caso de bronquite faz-se necessário fluidificar estas secreções para sua remoção completa. Encher um copo com água e pedir a criança para soprar com canudinho é uma boa forma de ajudar a fortalecer os músculos da respiração e liberar o catarro preso.

5. Rinite alérgica

Um grande número de crianças apresenta rinite alérgica, uma doença que causa um pequeno corrimento nasal, que pode escorrer pela garganta e fazer com que a criança fique fungando constantemente. Esta é causada por alergia ao pólen, poeira, aromas intensos e mais uma série de fatores ambientais, que são difíceis de controlar no dia a dia. Ela não tem cura mas é possível controlar com medicamentos para controle da alergia.

Sinais de alerta para correr para o médico

Deve levar a criança para uma consulta médica caso apresente:

  • Sinais de esforço respiratório;
  • Respiração muito rápida, ofegante;
  • Batimento da asa do nariz;
  • Gemidos;
  • Aparência azulada, arroxeada,,
  • Vômito;
  • Sonolência, confusão mental;
  • Palidez.

Lembre-se que a palidez é o sinal mais precoce de diminuição do oxigênio no sangue, e que quanto menor a criança, mais alto o risco de desenvolver insuficiência respiratória e apneia. Por isso, em caso de dúvida, contacte seu médico.

Sobre o Autor

Marcelle da Costa

Marcelle da Costa

Fisioterapeuta credenciada, com formação em Psicomotricidade e Desenvolvimento Infantil.
Empreendedora social, prática e sempre pronta a ajudar!