Saúde Infantil Parentalidade

Pasta de Dentes: qual a ideal para as Crianças?

Cláudia Pereira
Escrito por Cláudia Pereira

Existem tantas opções no mercado de pasta de dentes, então como escolher a mais adequada e segura para os seus filhos? Deixamos algumas dicas e respondemos a algumas perguntas para ter a certeza que os seus filhos ficam com os dentes bem limpinhos e saudáveis!


Quando começar a usar pasta de dentes?

Antes dos dentes nascerem, use um tecido limpo ou uma gaze húmida com água filtrada ou soro para limpar bem as gengivas do bebê.

Assim que o primeiro dente de leite nascer (normalmente aos seis meses, mas pode ser antes ou depois, tem de ir observando), comece a escovar os dentes do seu bebê com pasta de dentes com flúor, nas quantidades indicadas pelo dentista ou descrita na embalagem.

Utilize uma escova com cerdas muito macias, para não magoar as gengivas (substitua a cada três meses). Inicialmente, escove os dentes do seu filho com cuidado, mostrando como se faz e ficando atento para ele não engolir pasta de dentes. Com o tempo vá permitindo que a criança utilize a escova, mas observe atentamente para ter a certeza que escova bem os dentes!

Para bebês que ainda não tem dentes

As pastas para os bebês ‘banguelas’ deve ser própria para essa fase. Nas farmácias e drogarias é possível encontrar as melhores opções, embora os pais possam decidir limpar apenas com água. Nesse caso basta molhar uma gaze limpa em água e passar por dentro de toda boca do bebê: céu da boca, interior das bochechas e língua. Se optar pela pasta, use com 450 ppm.

Crianças até os 6 anos

Quando nascem os primeiros dentinhos, deve-se usar pasta para dentes de leite. Até os 6 anos é preciso usar a pasta indicada para essa idade. A embalagem indica até que idade a pasta é indicada. Não é bom usar fora da idade indicada porque pode prejudicar a dentição, manchando os dentes. A quantidade de flúor deve ser de 450 ppm.

Dos 6 aos 10 anos

Depois dos 6 anos a criança deve usar a pasta de dentes que vai dos 6 aos 12 anos. Nessa fase, apesar de ainda ter dentes de leite e estar fazendo a troca para os dentes definitivos, ainda é preciso usar uma pasta de dentes própria para essa idade.  A quantidade de flúor ideal é de 800 ou 850 ppm.

Dos 10 aos 12 anos

Ainda é preciso uma pasta de dentes específica para esta fase. A quantidade de flúor ideal é de 1250 ppm.

Após os 12 anos

Após os 12 anos é indicado usar a pasta de dentes comum, que os adultos usam sem qualquer prejuízo para saúde bucal. A quantidade de flúor deve ser de 1450 ppm.

Qual a quantidade ideal de pasta de dentes?

Se a criança ainda não sabe cuspir, coloque o equivalente a um grão de arroz de pasta de dentes com flúor (0,1g). Para aquelas que já sabem cuspir e podem escovar os dentes sozinhas, a quantidade ideal é a equivalente a 1 grão de ervilha (0,3g). A concentração de flúor deve estar entre os 1.000 e 1.500 partes por milhão (pp), para prevenir cáries, mas ao mesmo tempo ser seguro para o seu filho (adapte à idade).

Qual a pasta de dente ideal para as crianças?

As recomendações da Sociedade Brasileira de Odontopediatria e da Sociedade Americana de Pediatria é de que as crianças pequenas podem utilizar pasta de dentes com flúor, sempre nas doses certas para a idade, indicadas pelos profissionais de saúde. Escovar os dentes deve ser uma atividade realizada 2 a 3 vezes por dia, preferencialmente após as refeições.

Existem alguns critérios fundamentais na hora de escolher a pasta de dentes ideal para o seu filho:

  • Adeque a pasta de dentes à idade;
  • Opte por pastas de dentes sem componentes abrasivos na sua composição (evite pastas de dentes branqueadoras);
  • Opte por pastas de dentes sem sabor, para evitar a deglutição propositada;
  • Opte por pasta de dentes com flúor (de acordo com a idade e utilizando a dosagem certa);
  • Escolha pasta ou gel, na realidade, ambas são eficazes no combate à cárie dentária e placa bacteriana.

Usar o creme dental é indispensável por causa do flúor, no entanto, o flúor em excesso pode causar manchas brancas nos dentes que não podem ser removidas.

Dicas para motivar as crianças a escovar os dentes

É muito importante que as crianças aprendam a escovar os dentes desde cedo, para que se torne num hábito estabelecido. Por isso, crie a rotina de comer e de seguida escovar os dentes. Faça deste ato de limpeza uma atividade familiar divertida, utilize brincadeiras, música ou outra atividade que o seu filho aprecie, para que este momento seja agradável:

  • Compre uma escova com bonecos, colorida;
  • Brinque de imitar, sente-se no chão da casa de banho para que a criança veja como está a escovar os dentes;
  • Cante uma música, preferencialmente com 2 minutos (tempo ideal de escovagem);
  • Crie uma competição saudável entre os seus filhos (quem não esquece de escovar nenhum dente!);
  • Crie frases engraçadas para que não fique nenhum zona por escovar, por exemplo, boca de leão (para escovar dentes molares), sorriso de artista (para escovar dentes da frente).

Sobre o Autor

Cláudia Pereira

Cláudia Pereira

Educadora Social, formadora certificada, especialista em educação, dificuldades de aprendizagem e necessidades educativas especiais.
Empreendedora digital, criativa e apaixonada por implementar novas ideias!