Saúde Infantil

Motricidade Fina: 20 atividades para treinar com o seu filho

Marcelle da Costa
Escrito por Marcelle da Costa

Existem muitas atividades para treinar a motricidade fina, que podem ser feitas em casa ou num passeio ao ar livre. A motricidade fina é a capacidade de desenvolver os pequenos músculos das mãos e a sua coordenação com os olhos, que será importante para a criança conseguir escrever, quando for para a escola.


Atividades para Motricidade Fina

As atividades para o treino de motricidade fina deve começar cedo, desde que a criança seja capaz de segurar objetos com as mãos, de entender e realizar tarefas. Algumas sugestões são:

1. Rasgar papel livremente: em pedaços grandes, em tiras, em pedaços pequenos. Inicialmente use papel menos espesso e vá aumentando o nível de resistência;

2. Recortar com tesoura: treinar a forma de segurar a tesoura , cortar o ar, sem papel. Recortar vários tipos de papel com a tesoura: tiras de papel largas e compridas, formas geométricas e figuras simples desenhadas em papel dobrado;

3. Colar recortes em folha de papel livremente, recortes em folha de papel apenas numa área determinada, recortes sobre uma linha vertical, recortes sobre uma linha horizontal, recortes sobre uma linha diagonal.

4. Modelar com massinha (plasticina) ou barro em formas circulares, esféricas, achatadas nos topos, ovais, cónicas, cilíndricas, quadrangulares, o que a imaginação permitir!

5. Fazer furos no isopor (e/ou folha de cartolina) com agulha de crochê ou caneta sem carga. Recortar pelo contorno figuras desenhadas em cartolina.

6. Encaixar objetos uns dentro dos outros, podem ser brinquedos maiores dentro de um pote de sorvete, por exemplo.

7. Enfiar um cotonete dentro de um canudinho, de diversas espessuras.

8. Fazer pulseiras coloridas com elásticos encaixados uns nos outros;

9. Colocar miçangas dentro de um fio de lã e criar um cordão;

10. Colocar tampas nos frascos que se tem dentro de casa;

11. Guardar botões dentro de um pote, sem abrir. Deve fazer um corte numa tampa de plástico, com espaço suficiente para passar um botão. A atividade consiste em conseguir colocar os botões dentro do pote, passando pelo buraco da tampa;

12. Encaixar vários clips uns dentro dos outros até criar uma espécie de pulseira.

13. Fazer uma trança utilizando 3 fios de lã ou fitas de cetim.

14. Pintar um desenho com os dedos e pedaços de esponja;

15. Brincar de boneca, é possível pintar as unhas de uma boneca, maquiá-la e pentear seus cabelos;

16. Fazer quebra-cabeça (puzzle), existem diversos tipos, mas deve sempre levar em consideração a idade da criança, verifique na caixa;

17. Jogo com a bola como boliche, encaixar a bola no cesto de lixo, guardar todas as bolas numa caixa;

18. Brincar de estender a roupa: Deve recortar desenhos de roupas numa revista ou mesmo num tecido e depois pendurar num varal (com uma corda e pregadores);

19. Empilhar blocos de diferentes tamanhos: Você pode criar seus próprios blocos usando espuma de flutuar na piscina;

20. Cobrir um desenho feito à mão com pequenos objetos como botões, miçangas ou pequenos recortes de papel colorido.

Esse tipo de brincadeiras ajuda a criança a se desenvolver melhor e a ter mais coordenação motora, o que vai ajudar nas tarefas como abotoar uma camisa ou amarrar os cadarços do tênis, por exemplo. Você pode treinar 1 por dia com seu filho, tendo um momento divertido com ele. Se o desenho não ficar bonito, como você deseja à primeira tentativa, não se preocupe, repita a mesma atividade num outro dia e veja a diferença e evolução da criança.

Sobre o Autor

Marcelle da Costa

Marcelle da Costa

Fisioterapeuta credenciada, com formação em Psicomotricidade e Desenvolvimento Infantil.
Empreendedora social, prática e sempre pronta a ajudar!