Atividades NEE

Coordenação Motora Fina: 15 atividades para fazer em casa

Marcelle da Costa
Escrito por Marcelle da Costa

Treinar a motricidade é muito importante para o desenvolvimento infantil porque ajuda na destreza manual e na capacidade de realizar trabalhos minuciosos. Ao nascer o bebê apresenta uma capacidade menor de movimentação com pequenos movimentos entre os dedos e à medida que vai crescendo esta habilidade precisa ir sendo trabalhada para que ao chegar na idade escolar tenha mais facilidade em escrever .


Atividades de Coordenação Motora

Indicamos a seguir 15 exemplos de atividades que treinam a coordenação motora fina da criança, de baixo custo, e que você pode adotar para fazer em casa, nos tempos livres da criança:

  1. Cortar pedacinhos de canudinhos coloridos;
  2. Encaixar macarrão dentro dos furinhos do escorredor de macarrão;
  3. Colocar tinta guache nas pontinhas dos dedos para colorir um desenho tracejado;
  4. Fazer uma pulseira de clipes de papel encaixando uns nos outros;
  5. Cobrir um desenho com grãos de arroz e de feijão ou milho colados;
  6. Encher um copinho de café com areia e depois despejar dentro de uma garrafa pet;
  7. Desenhar e cortar roupinhas de boneca com folhas de jornais, revistas ou qualquer papel que tenha disponível;
  8. Fazer uma torre colocando uns por cima dos outros uma pilha de botões com diversos tamanhos;
  9. Pescaria: colocar tampinhas de plástico numa bacia com água e depois pegar com uma colherzinha;
  10. Fazer furinhos com um furador em folhas secas do jardim;
  11. Encaixar porcas em parafusos de diversos tamanhos;
  12. Amarrar e fazer nós em fios de lã;
  13. Colocar lápis de cor de diversos tamanhos dentro de uma garrafa pet;
  14. Empilhar rolhas de vinho uma em cima das outras;
  15. Jogo de pega-varetas coloridas.

Os bebês e as crianças são atraídos especialmente pelas cores vivas: azul e vermelho, por isso grande parte dos brinquedos para bebês tem estas cores básicas, e apostar em brinquedos com estas cores ajuda no desenvolvimento cerebral e a atrair a atenção do bebê para a brincadeira.

Você pode deixar a criança brincando no chão enquanto realiza suas atividades diárias, mas o contato ocular assim como o incentivo e o reforço positivo são de igual importância para o relacionamento interpessoal. Por isso, sempre que possível separe algum tempo do seu dia para se dedicar e brincar exclusivamente com seu filho, pois isso trará inúmeros benefícios, podem ser apenas 15-20 minutos, mas de dedicação exclusiva e atenção plena. Assim, a criança vai se sentir amada, amparada e valorizada, aspetos fundamentais para o desenvolvimento e controle das emoções na vida adulta.

Sobre o Autor

Marcelle da Costa

Marcelle da Costa

Fisioterapeuta credenciada, com formação em Psicomotricidade e Desenvolvimento Infantil.
Empreendedora social, prática e sempre pronta a ajudar!