Parentalidade Saúde Infantil

O seu Filho bebe água suficiente?

Cláudia Pereira
Escrito por Cláudia Pereira

Beber água é fundamental para o desenvolvimento físico e neurológico do seu filho, para além de contribuir para o bom funcionamento do metabolismo (como a regulação da temperatura do corpo, sistemas circulatório e excretor, entre outros).


Por isso, torna-se extremamente importante estar atento à quantidade e frequência com o que o seu filho bebe água. Explicamos como pode saber se o seu filho bebe água suficiente e algumas dicas para tornar a toma de água num hábito divertido!

Como saber se o seu filho bebe água

A melhor forma de saber se o seu filho bebe água suficiente é observar a cor, cheiro e quantidade da urina. O xixi da criança deve ser claro, abundante, sem cheiro forte e ocorrer várias vezes ao longo do dia.

É possível identificar outros sinais típicos de desidratação, facilmente visíveis no seu filho, aos quais deve estar atenta:

  • Lábios rachados;
  • Boa ou língua seca, com saliva espessa;
  • Olhos pouco brilhantes;
  • Braços e pernas frios;
  • Respiração e frequência cardíaca aceleradas;
  • Níveis de energia baixos ou irritabilidade;
  • Choro sem lágrimas.

Se estes sintomas de desidratação persistirem, mesmo após o seu filho ingerir água em quantidades adequadas, deve consultar o pediatra ou dirigir-se aos serviços de urgência.

Dicas para o seu filho beber água

Normalmente, a criança não tem a perceção de sede e dificilmente pára a brincadeira para beber água. Assim, é importante ir lembrando o seu filho que tem de ingerir água! A quantidade ideal varia de acordo com o peso e a idade da criança, mas o equivalente a 4 ou 6 copos de água diários, dados em pequenas doses ao longo do dia é considerado suficiente.

Algumas dicas que podem ajudar seu filho a manter-se sempre hidratado:

  • Dê o exemplo e beba água à frente do seu filho, ele vai ver o ato de ingerir água como algo natural e importante;
  • Apenas ofereça sucos ou refrigerantes em momentos especiais, como aniversários. Se somente tiver água em casa, torna-se num hábito natural para a criança;
  • Adquira uma garrafa própria para o seu filho, que o acompanha em todos os momentos (na mochila, no carro, no quarto da criança…);
  • Torne a água mais interessante, por exemplo, adicionando gotas de limão, rodelas de laranja ou pequenos pedaços de morango;
  • Faça da toma da água uma rotina – ofereça água ao acordar, depois das refeições, antes ou depois de brincar, etc;
  • Ofereça regularmente frutas e legumes como opção de lanche , pois são ricos em água.

Sobre o Autor

Cláudia Pereira

Cláudia Pereira

Educadora Social, formadora certificada, especialista em educação, dificuldades de aprendizagem e necessidades educativas especiais.
Empreendedora digital, criativa e apaixonada por implementar novas ideias!