Parentalidade

6 Animais de Estimação ideais para as Crianças

Cláudia Pereira
Escrito por Cláudia Pereira

Ter um animal de estimação pode trazer benefícios reais à vida do seu filho: ajuda a desenvolver o sistema imunológico, desenvolve a responsabilidade, empatia e ainda melhora o humor! Listamos os animais favoritos dos mais pequenos, as principais vantagens para a família e quais os cuidados que deve ter com cada um. Pronto? Vamos lá!


Animais de Estimação para os seus Filhos

Já ouviu de certeza o pedido insistente dos seus filhos: “Podemos ter um animal? São tão fofinhos!” Até prometem que vão cuidar muito bem dele! Para além dos cuidados que deve consciencializar o seu filho a ter – como alimentar, levar a passear, entre outros  – também deve ponderar as condições da sua casa, o tempo disponível e o tipo de animal que mais se adequa à sua família. Desta forma, todos saem beneficiados com a presença de um “quatro patinhas”.

1. Gato

O gato é sociável o suficiente, mas gosta da sua independência. É brincalhão, gosta de miminhos (até ronrona!) e muito caseiro. É o animal de companhia ideal para crianças mais tímidas, que apreciem brincar em casa.  Também tem um efeito calmante nas crianças mais agitadas, que devem ser ensinadas a deixar o gato sossegado em alguns momentos.

Existem raças mais calmas como a persa, mas, de forma geral, todos os gatos são bastante carinhosos e apreciam as festas dos mais novos. Vivem entre 15 a 20 anos, especialmente se dentro de casa, o que significa que é um compromisso a longo prazo.

Cuidados a ter:

  • Os gatos precisam de cuidados diários como água, comida e atenção, mas são responsáveis pela sua própria higienização. Apenas precisa de cuidar da sua casa de banho: areia limpa, gato feliz!
  • Deve ensinar o seu filho a prestar atenção ao comportamento do gato, por exemplo, quando se afasta significa que quer estar sozinho. Se a criança insiste pode resultar numa arranhadela!
  • Preste atenção se o seu filho é alérgico ao pelo do gato, por exemplo se espirra quando faz festas.

2. Cão

Provavelmente o cão é o que a maioria das crianças pensa quando quer ter um animal de estimação. São dóceis e brincalhões por natureza e bastante ativos e protetores, o que incentiva os mais novos a brincar e a ter alguma atividade física de forma segura.

Cuidados a ter:

  • Os cães precisam de cuidados e atenção. Precisa de ser levado à rua, sendo o dono responsável por apanhar as suas fezes. Também precisa de ser devidamente alimentado e o seu pelo cuidado.
  • Ensine o seu filho a brincar com o cão sem o magoar: não puxar orelhas ou cauda, atirá-lo, etc.
  • Esteja atento ao tamanho do cão, com crianças mais pequenas e cães maiores, pode existir o risco de queda ou outro tipo de acidente.

3. Coelho

O coelho é dócil, carinhoso e muito delicado. Gostam de receber festas calmas e apreciam andar pela casa. Conseguem aprender a urinar e defecar num local estipulado, da mesma maneira que cães e gatos.  Com uma duração média de 5 a 10 anos, são o animal de estimação ideal para crianças calmas e mais pequenas, para começarem a aprender como cuidar de outro ser vivo.

Cuidados a ter:

  • Estar atento às unhas, que rapidamente ficam compridas e podem magoar a criança:
  • Ter a sua casa no chão para evitar quedas, pois são animais com estrutura óssea frágil;
  • Alimentar convenientemente e ter disponível água, assim como limpar a sua casinha.

4. Porquinho da Índia

Os porquinhos-da-índia são de porte pequeno, muito alegres e divertidos. Embora se assustem com facilidade, depois de ganharem confiança brincam bem com as crianças. Podem dormir na gaiola e andar pela casa durante o dia.

Cuidados a ter:

  • Não opte por este animal se vive perto da praia, eles não gostam de calor e humidade;
  • Precisam de cuidados ao nível alimentar e de cuidados com a sua gaiola, onde dormem e fazem as necessidades.
  • Precisam de ser escovados de forma regular.

5. Pássaros

São um animal de estimação mais sossegado, mas nem por isso menos interessante. Podem viver dentro da gaiola, mas muitas vezes, após treino, andam na mão da criança e fazem mesmo companhia, emitindo sons e assobiando.

Cuidados a ter:

  • A limpeza da gaiola é fundamental, assim como água limpa e comida fresca diariamente.
  • Deve ensinar a criança a não apertar o pássaro, mas pegar com cuidado, evitando bicadas.

6. Peixes

Muito coloridos e de diversos formatos, os peixes são um excelente primeiro animal doméstico, mesmo para as crianças mais pequenas. É verdade que não dá para pegar no colo ou fazer festinhas, mas são interessantes na mesma. A criança pode cuidar do aquário, inserir novos acessórios no aquário, etc.

Cuidados a ter:

  • Limpar devidamente o aquário, mudando a água com regularidade.
  • Evitar dar comida em excesso, que é a principal causa de morte dos peixes domésticos.

Sobre o Autor

Cláudia Pereira

Cláudia Pereira

Educadora Social, formadora certificada, especialista em educação, dificuldades de aprendizagem e necessidades educativas especiais.
Empreendedora digital, criativa e apaixonada por implementar novas ideias!