Atividades

Provérbios Engraçados para Crianças

Cláudia Pereira
Escrito por Cláudia Pereira

Ensinar as crianças torna-se mais divertido quando se usa provérbios populares, como aqueles que eram usados pelos nossos avós. E o melhor é que, normalmente, esse provérbios conseguem transmitir valores e ensinos importantes! Vamos conhecer alguns provérbios populares para crianças!



Provérbios Populares para Crianças

Listamos provérbios populares, que pode usar com as crianças no dia-a-dia. Explicamos cada provérbio para que possa usar da melhor maneira com os mais novos. Pronto? Aqui vamos!


A palavras loucas, orelhas moucas.
Algumas coisas que as pessoas dizem, não vale a pena prestar atenção.

Água mole em pedra dura, tanto bate até que a fura.
A persistência produz resultados.

Águas passadas não movem moinhos.
Não vale a pensar ficar a pensar nas coisas que aconteceram, pois essas coisas não ajudam a andar em frente.

A alegria atrai simpatia.
O nosso comportamento alegre e positivo gera a mesma atitude nos outros.

A falar é que a gente se entende.
Conversar calmamente e com bons argumentos é o princípio do entendimento.

A lã nunca pesou ao carneiro.
As nossas próprias características não devem ser um peso, mas sim uma forma de celebrar o facto de sermos únicos e especiais.

A cavalo dado não se olha o dente.
Devemos estar gratos pelo que nos oferecem (pensaram em nós) e pelo que vem à nossa vida.

Burro calado torna-se sábio.
Às vezes é preciso saber quando se deve calar e quando se deve permanecer em silêncio, é sinal de sabedoria.

Cada um puxa a brasa à sua sardinha.
Cada um busca os seus próprios interesses, defende os seus pontos de vista num determinado momento.


Casa de ferreiro, espeto de pau.
Muitas vezes somos bons numa área, mas apenas para os outros, esquecemo-nos de sermos iguais para nós mesmos ou para os que estão mais perto.


Deitar cedo e cedo erguer, dá saúde e faz crescer.
Ter bons hábitos de sono, boas rotinas, torna o dia seguinte mais produtivo.


Apanha-se mais depressa um mentiroso que um coxo.
Dizer a verdade é sempre a melhor forma!

Casa onde não há pão, todos ralham e ninguém tem razão.
Cada um sabe onde o sapato lhe aperta.
Cão que ladra não morde.Antes que fales, vê o que dizes.

As palavras voam, a escrita fica.
Até um relógio parado tem razão duas vezes ao dia.
Casa roubada, trancas à porta.
Corra o ano como for, haja em agosto e setembro calor.
Depressa e bem, não há quem.
Desmanchar e fazer, tudo é aprender.
Devagar se vai ao longe.
É de pequenino que se torce o pepino.
Falar é prata, calar é ouro.
Filho de peixe, sabe nadar.
Gato com luvas, não caça rato.
Grão a grão enche a galinha o papo.
Há uma ovelha ranhosa em todos os rebanhos.
Homem prevenido, vale por dois.
Longe da vista, longe do coração.
Mais vale cedo do que tarde e tarde do que nunca.
Mais vale só que mal acompanhado.
Mais vale um pássaro na mão que dois a voar.
Muito riso pouco siso.
Não faças aos outros o que não queres que te façam a ti.
Não há pior cego do que aquele que não quer ver.
Não se corta o galho onde se está sentado.
Não se fazem omeletas sem ovos.
Ninguém acredita num mentiroso mesmo que esteja a dizer a verdade.
O cão e o menino vão para onde lhe fazem o miminho.
O dinheiro compra pão, mas não compra gratidão.
O seguro morreu de velho.
O trabalho não mata ninguém.
Os olhos comem mais que a boca.
O que é bom para a colmeia é bom para a abelha.
O que arde cura e o que aperta segura.
O que é barato sai caro e o que é bom custa dinheiro.
O último que vier come do que trouxer.
Pai impertinente, filho desobediente.
Os sábios não dizem o que sabem e os tolos não sabem o que dizem.
Quem anda à chuva, molha-se.
Quem canta, seus males espanta.
Quem conta um conto, acrescenta-lhe um ponto.
Vaquinha que não comeu com os bois, ou comeu antes ou comeu depois.
Tão ladrão o que vai à horta como o que fica à porta.

Sobre o Autor

Cláudia Pereira

Cláudia Pereira

Educadora Social, formadora certificada, especialista em educação, dificuldades de aprendizagem e necessidades educativas especiais.
Criativa e apaixonada por implementar novas ideias!