Gravidez Parentalidade

Leite Materno: quais os principais Benefícios?

Cláudia Pereira
Escrito por Cláudia Pereira

O leite materno é o alimento mais completo para o bebé, sendo considerado o primeiro alimento funcional: para além de nutrir, também protege de doenças.  É também importante na criação do vínculo emocional entre o bebé e os progenitores.



A Organização Mundial da Saúde (OMS) aconselha a amamentação com leite materno em exclusividade até aos 6 meses, seguida da manutenção do aleitamento materno em paralelo com a diversificação alimentar até aos 2 anos de vida.

O leite materno é importante na criação do vínculo emocional entre o bebé e os progenitores.

Benefícios do Leite Materno para o Bebé

Como o leite materno é um alimento completo e 100% natural, proporciona inúmeros benefícios ao bebé e à mãe, que se prolongam até à idade adulta. Estes são os principais benefícios do leite materno para o bebé:

  • reforça o vínculo mãe-filho;
  • ajuda o bebé na adaptação fora da barriga da mãe;
  • favorece o sono, porque o leite materno contém melatonina;
  • adapta-se às necessidades nutricionais do bebé ao longo dos meses;
  • é fácil e rápido de digerir, facilitando o trânsito intestinal e prevenindo as cólicas do bebé;
  • reforça o sistema imunitário do bebé, transmitindo a proteção imunológica da mãe para o filho;
  • alivia a dor e acalma o bebé;
  • diminui a probabilidade da criança desenvolver alergias, infeções respiratórias e infeções gastrointestinais;
  • promove o desenvolvimento dos maxilares e músculos faciais;
  • facilita a adaptação aos outros alimentos através do sabor que os alimentos ingeridos pela mãe conferem ao próprio leite materno;
  • reduz a ocorrência da Síndrome da Morte Súbita;
  • reduz o risco de aparecimento na adolescência e idade adulta de hipertensão arterial, obesidade, diabetes, doença celíaca, leucemia.

A Organização Mundial da Saúde aconselha a amamentação com leite materno em exclusividade até aos 6 meses de idade.

Benefícios de Amamentação para a Mãe

Não é só o bebé que tem benefícios com a amamentação com leite materno. A mãe também usufrui de algumas vantagens deste ato natural:

  • ajuda na recuperação da boa forma, porque amamentar gasta até 500 calorias por dia;
  • previne a depressão pós-parto devido à ligação emocional com o bebé;
  • aumenta a confiança, a sensação de bem-estar e de segurança da mãe;
  • contribui para que o útero recupere o seu tamanho mais rapidamente, prevenindo as hemorragias pós-parto;
  • fortalece os ossos e aumenta as reservas de ferro;
  • diminui o risco de aparecimento de anemia, osteoporose, cancro da mama, ovário e endométrio;
  • reduz a possibilidade de ter cancro da mama;
  • permite poupar dinheiro, pois o leite materno é completamente gratuito;
  • possibilita poupar tempo, pois está sempre pronto e à temperatura certa.

O pai desempenha um papel fundamental no apoio ao aleitamento.

Amamentação e o Pai

Habitualmente, quando se pensa em amamentação com leite materno, não se pensa no pai. No entanto, estudos mostram que o pai desempenha um papel fundamental no apoio ao aleitamento. O apoio e presença do pai aumenta a intimidade entre o casal e promove o vínculo do bebé com os progenitores.

Quando se fala em participação do pai na amamentação, não se trata somente de dar biberão (ou mamadeira) com o leite da mãe, para que esta possa descansar. Trata-se também do pai criar as condições para que a amamentação seja bem sucedida. Po exemplo, o pai pode ajudar de várias formas:

  • encorajar e incentivar a mulher a amamentar;
  • participar do momento da amamentação (conversando, fazendo festas…);
  • cuidar das tarefas rotineiras da casa quase na totalidade;
  • cuidar mais dos outros filhos, se for o caso;
  • Administrar as visitas;
  • Ser protetor contra os comentários imprudentes dos familiares e amigos;
  • Trocar as fraldas do bebé e acordá-lo para ser alimentado (permitindo mais descanso à mãe);
  • Garantir uma nutrição adequada e o apoio emocional às mães;
  • Informar-se sobre a amamentação.

O leite materno é o alimento mais completo para o bebé, sendo considerado o primeiro alimento funcional: para além de nutrir, também protege de doenças.

Sobre o Autor

Cláudia Pereira

Cláudia Pereira

Educadora Social, formadora certificada, especialista em educação, dificuldades de aprendizagem e necessidades educativas especiais.
Criativa e apaixonada por implementar novas ideias!