Atividades Jogos Educativos

Jogo Educativo dos Castigos

Cláudia Pereira
Escrito por Cláudia Pereira

O jogo educativo dos castigos, ao contrário do que possa indicar o nome, não tem o propósito de castigar! Este jogo educativo é  ideal para pequenos grupos, por exemplo como atividade de apresentação ou quebra-gelo. É um excelente jogo para descontrair e treinar competências sociais.



 

Idades: a partir dos 3 anos.

Material: papéis com “castigos” e uma bola.

 

Como Orientar o Jogo Educativo dos Castigos

Em primeiro lugar, peça a todos os participantes para se sentarem em círculo. De seguida oriente o grupo da seguinte forma:

  • Inicie o jogo atirando o bola para um dos participantes e diga o seu nome;
  • Peça para que cada participante faça o mesmo;
  • Se não conseguirem apanhar a bola, tiram um “castigo”!

As crianças vão gostar muito deste jogo e pedir para jogar mais!

Exemplos de Castigos

Escreva em tiras de papel “castigos”:

  • Dizer olá imitando um leão, macaco, elefante, etc;
  • Cantar uma canção;
  • Cantar de boca fechada;
  • Contar uma anedota;
  • Dizer muito rápido: o rato roeu a rolha da garrafa de rum do rei da rússia;
  • Enumerar 10 cores sem parar;
  • Dizer quatro palavras em inglês;
  • Inventar uma receita culinária;
  • Desenhar uma pêra com os olhos fechados;
  • Fazer caretas para fazer rir;
  • Percorrer uma determinada distância ao pé-coxinho;
  • Fazer o pino ou a roda.

Escreva outros castigos que se adequem à faixa etária das crianças ou especificidade do grupo.

Benefícios do Jogo Educativo dos Castigos

Este é um excelente jogo de apresentação, ideal para começar o dia ou como preparação para outras atividades. Apresenta alguns benefícios para os participantes:

  • Permite a interação social;
  • Promove a descontração e comunicação;
  • E causa muitas gargalhadas!

Sobre o Autor

Cláudia Pereira

Cláudia Pereira

Empreendedora Social, formada em Educação Social pela Escola Superior de Educação do Porto desde 2002.
Formadora certificada, com experiência em educação de crianças e adultos, dificuldades de aprendizagem e necessidades educativas especiais.