Gravidez Parentalidade

Curso de Preparação para o Parto: vale a pena?

Marcelle da Costa
Escrito por Marcelle da Costa

O curso de preparação para o parto é especialmente importante para as mamães de primeira viagem porque tudo é novidade e quanto mais calma a mulher estiver, mais rápido será o parto. O objetivo do curso é oferecer o máximo de informações para os pais sobre o momento do parto e os primeiros cuidados com o bebê.


Quando começar?

A gestante pode iniciar o curso por volta das 2o semanas de gestação, a partir desse momento a barriga já pode ser notada e é hora de começar a pensar no parto e preparar o seu corpo para esse momento.

O que ensina?

Os cursos de preparação para o parto normalmente tem exercícios que trabalham o períneo, para ajudar a fortalecer a musculatura da região íntima, facilitando quando a mulher tiver que fazer força para o bebê nascer. Quanto mais consciência a mulher tiver do seu próprio corpo, melhor será para o trabalho de parto.

Além disso são dadas informações sobre o que acontece no final da gestação, como o corpo da mulher se comporta, informações sobre os seus direitos, tipos de parto que existem (na água, com anestesia, totalmente natural…), quais são os sinais de que o trabalho de parto começou, quando deve ir para o hospital e os primeiros cuidados com o recém-nascido.

Existe curso gratuito?

Sim, em vários postos de saúde, UPAS e alguns hospitais maternidade oferecem o curso de preparação para o parto de forma gratuita às gestantes da sua comunidade, no entanto, também existem centros de preparação para o parto nas grandes cidades que são pagos.

Curso online vale a pena?

Sim, toda a informação é bem-vinda, mas se escolher por este tipo de serviço, certifique-se da facilidade na comunicação, já que nesta fase é comum surgirem muitas dúvidas. Optar por um curso presencial pode ser mais vantajoso, já que poderá esclarecer todas as dúvidas no momento e como as sessões são em grupo, pode-se conversar com outras gestantes, que podem comentar as suas experiências de vida, o que pode ser muito esclarecedor.

Quem pode fazer?

Os cursos são indicados para as gestantes e os seus companheiros, caso seja do interesse da mulher. Embora seja especialmente indicado para o 1.º parto, a mulher que já teve outro parto, também pode participar.

Sobre o Autor

Marcelle da Costa

Marcelle da Costa

Fisioterapeuta credenciada, com formação em Psicomotricidade e Desenvolvimento Infantil.
Empreendedora social, prática e sempre pronta a ajudar!