Autismo Necessidades Educativas Parentalidade

Como Lidar com o Autismo do seu Filho?

Cláudia Pereira
Escrito por Cláudia Pereira

Cada criança dentro do espectro autista é diferente, com sua própria personalidade e forma de estar, mas existem algumas estratégias que pode adotar no dia a dia, para ajudar a lidar da melhor forma com o seu filho autista.


Estratégias para Lidar com o seu Filho

O dia a dia pode ser difícil para os pais e cuidadores, por isso deixamos algumas dicas que podem ajudar a lidar com o seu filho com autismo:

Foque no Positivo
Normalmente as crianças com transtorno do espectro do autismo respondem bem ao reforço positivo. Ou seja, elogie os progressos de comportamento do seu filho. Mas lembre-se de ser específica, para que o seu filho saiba exatamente o que gostou no comportamento.

Comunique corretamente
A criança com autismo tem dificuldade em comunicar e interagir socialmente. Por isso, seja intencionalmente expressivo quando conversa com o seu filho: utilize expressões faciais e gestos para mostrar o seu interesse no diálogo e no que a criança está a fazer. Procure conversar sobre temas que o seu filho gosta e aguarde pacientemente pela resposta.

Brinque livremente
A brincadeira é excelente para promover o desenvolvimento neurológico e estimular a coordenação motora da criança com autismo. No entanto, para além dos momentos terapêuticos, brinque com o seu filho, simplesmente pelo prazer de brincar. Faça um jogo, conte histórias, olhe a paisagem… isso vai promover a conexão entre si e o seu filho.

Seja consistente 
Rotinas são muito importantes para a criança autista, por isso oriente o seu filho de forma consistente, para que possa aprender melhor e manter-se calmo.  No entanto, quando for necessário, quebre a rotina. Quando o fizer, explique detalhadamente o que vai acontecer (como, onde, quando…). Por vezes, é útil utilizar um som ou um gesto para avisar a criança da mudança.

Modere os Estímulos
A criança autista é hipersensível, por isso tenha cuidado com o toque e com o som, nomeadamente a intensidade da voz, ruídos e abraços. Tente perceber o que assusta o seu filho e procure eliminar esse estímulo sempre que possível.

Imponha Limites
Por ter dificuldade em aceitar mudanças e frustrar-se facilmente, o seu filho autista pode ter comportamentos explosivos e agressivos. Nesses momentos precisa de manter a calma e tentar identificar a causa do seu comportamento (sobrecarga de estímulos, má disposição, etc). Esteja atento, mas não ceda cegamente, imponha limites para que o seu filho saiba exatamente com o que pode contar.

Promova o Contacto Social
Crie situações em que o seu filho tem de contactar com outros. Por exemplo, manter objetos que a criança gosta em lugares que não consegue alcançar para ter de pedir ajuda ou ir ao parque ou ao supermercado para se habituar ao contacto com outras pessoas.

Procure Apoio
Conte com o apoio de familiares, amigos, outras famílias com filhos autistas e profissionais. Estar com estas pessoas é uma boa forma de partilhar conselhos e informações. Considere participar em grupos de pais ou associações relacionados com autismo.

Cuide de Si
Vem por último, mas não é menos importante. Para cuidar bem do seu filho autista, tem de pensar em si e no seu bem-estar. Descanse, pratique exercício, alimente-se bem e faça atividades de lazer, para estar nas melhores condições possíveis para cuidar do seu filho. Não se sinta culpada por tirar uma ou duas horas a cuidar de si, enquanto o seu filho fica com familiar, amigo ou profissional.

Sobre o Autor

Cláudia Pereira

Cláudia Pereira

Educadora Social, formadora certificada, especialista em educação, dificuldades de aprendizagem e necessidades educativas especiais.
Empreendedora digital, criativa e apaixonada por implementar novas ideias!