Síndrome de Down Saúde Infantil

Como evitar a Síndrome de Down na gravidez?

Marcelle da Costa
Escrito por Marcelle da Costa

A Síndrome de Down (SD) é uma alteração genética e pouco pode ser feito para evitá-la. Indicamos aqui 3 formas que podem contribuir:


  1. Engravidar antes dos 35 anos de idade: as chances da mulher ter um bebê com SD sobem à cada ano, à partir dos 35 e praticamente triplicam após os 44. No entanto, a síndrome também pode acontecer nas mulheres que engravidam mais cedo;
  2. Tomar comprimidos de ácido fólico: O obstetra provavelmente irá receitar a toma de ácido fólico nas primeiras semanas de gestação, mas somente esse cuidado não irá garantir que o bebê não tenha a síndrome. O bom é que o ácido fólico também ajuda a evitar outras situações neurológicas graves como a mielomeningocele e outras más formações do tubo neural, e por isso tem sido aconselhado a todas as gestantes;
  3. Fazer o aconselhamento genético: Este teste pode ser útil para quem não deseja correr o risco de ter um bebê com SD. Ele consiste num teste que analisa geneticamente o sangue do casal, antes de engravidar, que mostra quais as chances de terem um bebê alterações genéticas. Se as chances forem muito altas, a solução pode ser optar por uma fertilização in vitro, realizada em laboratório, que irá diminuir drasticamente as chances do bebê nascer com esta síndrome.

Em todo caso é muito difícil evitar a Síndrome de Down e não existe um segredo para sua prevenção. No entanto, esta síndrome é uma das menos graves e mais fáceis de lidar, existindo muita informação disponível sobre ela e várias terapias que podem auxiliar o crescimento e o desenvolvimento da criança que nasce com esta síndrome. Saiba tudo sobre a Síndrome de Down.

Sobre o Autor

Marcelle da Costa

Marcelle da Costa

Fisioterapeuta credenciada, com formação em Psicomotricidade e Desenvolvimento Infantil.
Empreendedora social, prática e sempre pronta a ajudar!