Escola Parentalidade

Famosos que Sofreram Bullying

Cláudia Pereira
Escrito por Cláudia Pereira

O bullying apresenta consequências no agressor e na vítima: são mais propensos a faltar às aulas, a abandonar os estudos e a ter piores desempenhos académicos comparativamente àqueles que não têm relações conflituosas com os colegas.



Pessoas Famosas e Bullying

Marina Ruy Barbosa: esta atriz era constantemente gozada por ser ruiva. Os colegas chamavam-lhe diversos nomes – “ferrugem”, “arroto de fanta laranja”.

Sandy: devido à proeminência do pai, esta cantora sofreu bullying em criança. Por isso, protege tanto o seu filho.

Fernanda Vasconcellos: as colegas na escola agrediam-na porque um menino olhava para ela.

Bruna Marquezine: por ser diferente e não ter a mesma vivência das colegas, era frequentemente gozada.

Cauã Reymond: durante dois anos, por ser novo na escola, sofreu bullying por parte dos seus colegas.

Justin Timberlake: este cantor era constantemente incomodado pelos colegas porque tinha o rosto marcado por acne e porque tinha o cabelo loiro e bastante encaracolado.

Sempre tive muitas espinhas no rosto e todos me chamavam borbulhenta ou porco-espinho.

Lady Gaga: esta cantora frequentava uma escola privada e era discriminada por ser de família humilde, vestir-se e falar de maneira diferente do resto dos alunos.

Madonna: como tinha um look hippie e era fã dos Rolling Stones, esta artista era frequentemente ofendida na escola durante a sua adolescência e mesmo na idade adulta.

Miley Cyrus: esta cantora era gozada por ser baixinha e magra e por o seu pai ser cantor. Várias vezes foi humilhada e mesmo trancada no cacifo da escola.

Taylor Swift : esta cantora era considerada estranha pelas colegas de escola e estas faziam questão de a isolar, por exemplo, levantavam-se da mesa quando Taylor se sentava para comer.

Mila Kunis: esta atriz chegava quase todos os dias a chorar a casa quando vinha da escola. Era gozada pelos seus colegas por ter os olhos demasiado grandes.

Jennifer Lawrence: por ser alvo de bullying, teve de mudar de escola várias vezes. Conta que uma vez uma colega exigiu que ela entregasse convites para uma festa em que não estava convidada.

Sempre fui a mais alta da sala e chamavam-me de tudo, desde girafa a outras alcunhas piores.

Demi Lovato: a cantora sofreu tanto com as provocações de colegas que pediu para sair da escola e passar a ser ensinada a partir de casa.

Christina Aguilera: por trabalhar desde muito nova na Disney, era alvo de comentários e comportamentos menos próprios pelos colegas. No baile de finalistas, quando a sua música começou a tocar, todos saíram da sala.

Gisele Bündchen: por ser alta, era constantemente chamada de girafa e outros nomes relativos à sua altura.

Kate Middleton: as colegas achavam que ela era perfeita demais, por isso, implicavam com ela.

Alinne Moraes: por ter uma característica física diferente – lábios mais carnudos – sofreu com o apelido de “bocão royal” na escola.

Megan Fox: nunca foi popular com as meninas, tinha uma personalidade forte e entendia-se melhor com os rapazes. Por isso, as colegas gozavam-na frequentemente.

Grazi Massafera: chamavam-na de “olívia palito” e lombriga na escola, porque era magrinha e ainda não tinha peito.

Igor Angelkort: este ator tem vitiligo, por isso foi gozado por ter uma mancha sobre um dos seus olhos em criança.

Como Identificar se a Criança sofre de Bullying?

É possível identificar se a criança está a sofrer de bullying, nomeadamente prestando atenção ao comportamentos da criança. Por exemplo, se a criança apresenta um comportamento depressivo, com tendência ao isolamento, pode ser indicativo que está a ser vítima de bullying na escola. Listamos alguns sinais:

  • Poucas amizades;
  • Baixa auto-estima;
  • Baixo rendimento escolar;
  • Simulação de doenças para evitar ir para a escola;
  • Sentimento constante de insegurança;
  • Baixa sociabilidade;
  • Presença de dificuldades de aprendizagem (hiperatividade, dislexia, etc);
  • Presença de diferenças susceptíveis de gozo ou agressão (obesidade, deficiências físicas, etc).

Elas gozam comigo, porque eu não sou como elas, que só pensam em roupas e maquilhagem. Eu gosto de estudar e de ouvir música.

Sobre o Autor

Cláudia Pereira

Cláudia Pereira

Empreendedora Social, formada em Educação Social pela Escola Superior de Educação do Porto desde 2002.
Formadora certificada, com experiência em educação de crianças e adultos, dificuldades de aprendizagem e necessidades educativas especiais.