Gravidez

Exercícios para perder barriga no Pós-Parto

Marcelle da Costa
Escrito por Marcelle da Costa

Para perder barriga depois da gravidez é preciso ter disciplina para se alimentar bem e fazer exercícios diariamente, porque assim existe uma queima de gordura maior e melhora do contorno corporal.


O tipo de treino mais indicado é uma combinação de exercícios aeróbicos e musculação, que devem ser realizados todos os dias, ou 5 vezes por semana, durante cerca de 1 hora.

Exercícios aeróbicos

Estes exercícios aceleram os batimentos cardíacos, estimulam a circulação sanguínea e queimam  a gordura acumulada. Devem ser realizados durante cerca de 15 a 20 minutos, de forma mais intensa, bons exemplos são:

  • Caminhada rápida;
  • Corrida;
  • Patinagem rápida;
  • Elítica;
  • Bicicleta ergométrica;
  • Natação;
  • Dança.

Exercícios de fortalecimento muscular

Para completar a série perfeita para queimar gordura e perder barriga depois da gravidez, é preciso investir naqueles exercícios que são realizados de forma mais lenta e com alguma resistência envolvida. Este tipo de exercício deve ser realizado durante cerca de 40-45 minutos. Bons exemplos são:

  • Musculação;
  • Ginástica localizada;
  • Pilates (com ou sem equipamentos);
  • Crossfit;
  • Artes marciais.

Para haver aumento do volume dos músculos é importante não treinar o mesmo grupo muscular todos os dias. Por exemplo: Seg, Qua e Sex – treino de pernas e glúteos enquanto que na Ter e Quin poderá treinar braços e costas.

O aumento dos músculos além de definir um melhor contorno corporal também ajuda na queima de gordura, porque quanto mais músculos a pessoa tem, mais calorias ela gasta, mesmo estando parada. Então, o segredo para emagrecer não é simplesmente fazer exercícios aeróbicos, mas uma combinação de aeróbicos e anaeróbicos.

Exercícios para diástase do pós-parto

Algumas mulheres ficam com afastamento entre os músculos reto abdominal, o que causa flacidez abdominal, dor nas costas e baixa autoestima.

Os melhores exercícios são os que trabalham os abdominais de forma inovadora, ao invés do exercício abdominal tradicional que não deve ser realizado, porque pode agravar a diástase! Bons exemplos são:

  • Prancha frontal;
  • Prancha lateral;
  • Escalador;
  • Elevação da perna reta (infra abdominal);
  • Abdominal oblíquo.

Posso treinar em casa?

Sim, desde que seja saudável. Existem muitos canais de vídeos com exercícios no Youtube com orientações de como fazer cada exercício, mas antes de começar, certifique-se de que está a seguir um profissional qualificado e que você respeita os limites do seu próprio corpo.

Qual a melhor hora para treinar?

De manhã, cedo, antes de iniciar suas tarefas diárias. Apesar de nem todo mundo gostar de acordar cedo, está cientificamente comprovado que quem pratica exercícios logo pela manhã queima mais gordura e tem mais disposição para as tarefas diárias (mentais e físicas!). Mas tudo bem, se não for possível treinar muito cedo, mas lembre-se de que se treinar antes de dormir pode demorar mais para pegar no sono.

Quanto tempo demora para ver resultados?

Depende do seu empenho e capacidade de se alimentar bem e não falhar nos treinos. Se fizer tudo direitinho você mesma deverá ver diferença no seu corpo em apenas 1 mês e os outros deverão ver progressos à partir do 3º mês. Em média, após 6 meses ininterruptos será possível observar um belo progresso.

Sobre o Autor

Marcelle da Costa

Marcelle da Costa

Fisioterapeuta credenciada, com formação em Psicomotricidade e Desenvolvimento Infantil.
Empreendedora social, prática e sempre pronta a ajudar!