Transtornos de Esquema Corporal

Os transtornos de Esquema Corporal subdividem-se em dois grupos: os transtornos referentes ao conhecimento e representação mental do próprio corpo e os transtornos referentes a utilização do corpo (orientação no próprio corpo e uma inadequada utilização do corpo em relação ao espaço em redor).

É no segundo tipo onde se encontram a maioria dos problemas. Isto poderá estar relacionado com as primeiras relações afectivas da criança com seu ambiente.

Dentro deste grupo de transtornos, é possível distinguir :

ASOMATOGNOSIA: a criança é incapaz de reconhecer e mostrar no seu corpo alguma de suas partes. Por exemplo, na agnosia digital a criança não é capaz de reconhecer, mostrar nem mover os dedos de sua própria mão ou de outra pessoa.

TRANSTORNOS DA LATERALIDADE: estes transtornos são causa de alterações na estruturação espacial e, consequentemente, na leitura/escrita. São exemplo disso a lateralidade contrariada, a lateralidade cruzada e o ambidestrismo.