Teste Stroop

Teste Stroop, também chamado de Teste Stroop de Cores e Palavras é amplamente utilizado em neuropsicologia. Este teste permite detetar problemas neurológicos e cerebrais e pode ser utilizado para medir a concentração e rastrear a disfunção cognitiva.

Teste Stroop

O Teste Stroop avalia a atenção seletiva, a capacidade de manter o foco numa atividade e inibir a tendência de fornecer respostas impulsivas, além da velocidade no processamento de informações. 

Neste teste é possível comparar o tempo que leva para nomear as cores das palavras que estão coloridas com sua cor real (vermelho está em vermelho) ou para dizer as cores de palavras com cores confusas (azul pode estar azul e deve dizer-se amarelo).

Este teste é constituído por manual técnico, folha de registo e cartões estímulo.

Como avaliar com o Teste Stroop

Este teste psicológico deverá ser aplicado em adultos, preferencialmente com mais de 25 anos (é possível avaliar desde os 15 anos desde que sejam tomadas as medidas necessárias na análise dos resultados), de forma individual e por aproximadamente 10 minutos.

O Teste de Stroop é constituído por três tarefas: leitura de palavras, nomeação de cores e identificação da cor em que está escrita cada palavra, sem ter em conta o significado da mesma. Para além dos resultados obtidos em cada uma destas tarefas, o profissional pode ainda calcular uma pontuação indicadora do efeito de interferência.

A tarefa de leitura de palavras dá uma indicação da fluência de leitura e estabelece um ponto de comparação relativamente à tarefa de nomeação de cor. O fato de haver uma discrepância entre o nome da palavra e a cor da tinta provoca um efeito de interferência na nomeação de cor, chamado de Efeito Stroop.

Estudos realizados com estes estímulos comprovaram que dificuldades ao nível da leitura das palavras podem dever-se a eventuais danos no hemisfério esquerdo do cérebro, enquanto que o hemisfério direito está mais relacionado com a identificação de cores.