Tdah na Sala de Aula

 

TDAH na sala de aula pode implicar adaptações na forma de ensino.

TDAH na Sala de Aula

É fundamental que o professor ou educador identifique os pontos fortes e fracos do aluno e crie oportunidades, baseando-se nos pontos fortes, para desenvolver e melhorar a auto-estima do aluno.

É  igualmente importante criar expectativas realistas em relação a alunos com esta problemática, bem como desenvolver a sua noção de competência e responsabilidade.

Crianças com TDAH são frequentemente alvo de reações negativas e castigos, por isso é essencial a compreensão, o encorajamento e o elogio, evitando a tendência para a ocorrência de ligeiras depressões.

A adaptação de alunos com transtorno de défice de atenção e hiperatividade pode ser difícil, especialmente devido à sua frágil auto-estima, às explosões temperamentais e à sua fraca tolerância à frustração. Alguns destes alunos, ainda podem apresentar dificuldades de aprendizagem trazendo mais frustração.

O comportamento “típico” destes alunos (falta de atenção, impulsividade e hiperatividade) são factores disruptivos e afectam os comportamentos e as atitudes dos restantes alunos da classe. Assim, é fundamental que o educador/professor conheça bem a problemática e esteja disposto a proceder às modificações necessárias na sala de aula.