Processo de Aquisição da Linguagem

O processo de aquisição da linguagem é realizada de forma gradual através de uma série de interações com o meio social.

Aquisição da Linguagem

Aquisição da linguagem é um fenómeno complexo com um ritmo neurobiológico próprio. A nível cerebral podemos falar de centros que estão directamente relacionados com a função neuroluinguística, por exemplo a memória, a discriminação analítica, etc, não se podendo afirmar que existe apenas um centro específico e único para a linguagem.

Processo de Aquisição da Linguagem

Os mecanismos básicos para a aquisição da linguagem são a interação e a imitação. Existe uma relação recíproca entre a criança e o adulto para que a primeira possa comunicar. A criança toma a iniciativa chamando a atenção do adulto através de um movimento ou palrando. O adulto apercebe-se desta tentativa de comunicação e devolve-lhe a mensagem com algumas correcções. Pronuncia correctamente as palavras emitidas pela criança ou traduz os seus gritos e sons para palavras usadas. O adulto acrescenta algumas palavras ou conceitos relacionados, utilizando uma estrutura mais complexa.

Nesta relação da criança com o adulto, a criança obtém não só uma resposta que corresponde às suas necessidades, mas que também se torna num modelo para situações futuras. Assim, é fundamental esta interação criança-adulto, pois na realidade permite a aquisição e desenvolvimento da linguagem. Portanto, converse com o seu filho, ensine os nomes de cada objecto apontando para os mesmos. Por exemplo, ao dar água, fale com a criança sobre isso: “Agora vamos beber água!” ou “Queres beber água?”.