Modelo de Desempenho Ocupacional

O Modelo de Desempenho Ocupacional é um modelo de prática.

Desempenho ocupacional é a habilidade para desempenhar tarefas de forma a completar os papéis ocupacionais de forma satisfatória, ao nível do estádio de desenvolvimento, da cultura e do ambiente do indivíduo. Papéis ocupacionais são todos aqueles que o indivíduo leva a cabo na sua vida ( estudante, pai/mãe, dona de casa, etc).

Este modelo tem como pressupostos:

  • Desempenho Ocupacional
  • Desempenho satisfatório de papéis.
  • Desempenho Ocupacional do ser Humano categorizado nas AVD’s, Trabalho e Actividade Produtiva e Actividade Recreativa e Lazer.
  • Desenvolvimento, desempenho e manutenção do desempenho ocupacional são influenciados por factores intrínsecos e extrínsecos ao indivíduo.
  • Um equilíbrio apropriado do desempenho ocupacional é essencial na manutenção de saúde e que esse equilíbrio varia com a idade, ciclo de vida, acontecimentos e circunstâncias de vida.
  • Fracasso nos papéis do desempenho ocupacional ou mudança nos papéis de vida pode ser provocado por factores extrapessoais ou intrapessoais.
  • Desempenho ocupacional adequado está dependente do desenvolvimento neurofisiológico e do funcionamento integrado nos subsistemas sensório-motor, cognição/integração cognitiva e psicológico/psicossocial do indivíduo.
  • Doença, malformação, acidente que afecte qualquer componente, provoca uma falha no subsistema de integração dos componentes de desempenho e resulta numa falha do desempenho satisfatório dos papéis ocupacionais do indivíduo.