Massagem Shantala

A massagem shantala é uma massagem milenar para bebés originária do sul da Índia. Neste país, esta técnica de massagem faz parte dos cuidados básicos que as mães têm para com os seus bebés.

Massagem Shantala

Hoje em dia é uma técnica de massagem conhecida um pouco por todo o mundo. Conta a história que um médico francês – Frédérick Leboyer – viajava pela Índia, encontrou na berma da estrada uma mulher que fazia massagens ao seu bebé. O seu nome era shantala, por isso a massagem tem este nome. Este médico ficou tão fascinado por este hábito quotidiano que filmou, fotografou e estudou a terapia.

Leboyer afirmou que ” os bebés têm necessidade de leite, mas muito mais de serem amados e receberem carinho. De serem levados, embalados, acariciados, pegos e massajados.” Já os pais afirmam que a massagem shantala “são momentos exclusivos com o meu filho.”

Esta técnica para além de criar um importante vínculo com os pais, reforça o sistema imunológico do bebé, sendo reconhecida pela secretaria de saúde do Brasil como forma de melhorar a qualidade de vida do bebé.
A shantala promove o relaxamento e tranquiliza o bebé, favorecendo, por exemplo, o sono. Estimula o sistema nervoso central e o funcionamento do intestino, aliviando as cólicas.

Neste vídeo poderá assistir à senhora que Frédérick Leboyer encontrou e que deu origem ao que hoje se chama de massagem shantala: