Esteja atento ao seu filho disléxico!

Esteja atento ao seu filho disléxico e aos possíveis problemas, sintomas e sinais de stress que possam surgir.

Os colegas do seu filho poderão chamá-lo de “burro”, “ estúpido” e os adultos de “preguiçoso” ou “incompetente”. Conscientize-se que ignorância e falta de compreensão sempre existirão: familiares, professores, psicólogos, auxiliares, colegas de turma poderão não entender, não querer entender ou simplesmente não simpatizar com um aluno disléxico.

O seu filho poderá chegar atrasado ou mesmo faltar a uma actividade desportiva ou lúdica porque não terminou os trabalhos de casa. Poderá passar pelo stress de ler em voz alta perante a turma ou de ver os seus erros ortográficos corrigidos perante todos.

O seu filho disléxico sentir-se-á frustrado vezes sem conta, mesmo fora da escola: saber que horas são, em que dia da semana está, não saber relativizar as distâncias, etc. Terá muitos desapontamentos, mas aprenderá viver com eles e poderá ser ajudado a evitar uma grande parte: ver e analisar antecipadamente os problemas para que os possa solucionar.

Esteja atento a sinais de stress como molhar a cama, dormir pouco, não falar sobre a escola… no entanto não pense que tudo tem a ver com dislexia, o seu filho está a crescer e como tal tem todas as características inerentes à sua fase de crescimento. Poderá falar com pais de crianças e adolescentes não disléxicos para obter a perspectiva certa.