Epilepsia e Televisão

 

Epilepsia e Televisão são compatíveis. É possível ter epilepsia e assistir televisão. Muitas vezes o que acontece é que o tremular da televisão ou do monitor do computador pode aumentar a excitabilidade das células cerebrais e desencadear crises em algumas crianças com epilepsia fotosensitiva.

Epilepsia e Televisão

Através do Electroencefalograma (EEG), pode determinar-se se a criança é sensível aos estímulos luminosos. Se for o caso, a criança pode assistir televisão, mas é necessário ter alguns cuidados:

Doseie o tempo passado à frente da televisão, não deve exceder a hora, hora e meia;
Mantenha a criança afastada o mais distante da televisão;
A sala não deve ser escura, é aconselhável ter lâmpadas perto da televisão para evitar o contraste acentuado luz-sombra;
A televisão deve ser a cores (não a preto e branco) e o contraste muito brilhante;
Os canais devem ser mudados com o comando e não na própria televisão,
Se a criança mostrar sinais de fadiga ao ver televisão, deve desligá-la imediatamente, a falta de sono e a fadiga aumentam as crises.

Quanto aos jogos de computador, é aconselhável que o monitor seja pequeno e que a criança não esteja demasiado perto dele jogando por breves períodos de tempo.