Disléxicos sentem-se desorientados e confusos

Os disléxicos sentem-se frequentemente desorientados e confusos. Para uma criança com dislexia é assustador estar constantemente na incerteza se o que ouviu está correcto ou se o que leu corresponde mesmo ao que as palavras significam. Conceitos simples como “antes”, “anteriormente” esquerda” ou “direita” podem ser difíceis para uma criança disléxica.  Muitas vezes as expressões e orientações que usamos para organizar o mundo podem ser muito confusas, a criança disléxica tem de fazer um esforço extra para orientar-se no ambiente que a rodeia.

A criança com esta dificuldade de aprendizagem como está  perante uma incerteza constante quanto a indicações de orientação e a números pode sentir-se “em baixo”: “Porque não consigo fazer isto que os outros não têm problema?” ou “Porque não consigo estar à hora certo no sitio certo?”

Para se perceber melhor esta confusão que os disléxicos sentem, pense num momento em que se sentiu tão cansado que não conseguiu pensar. Isto pode acontecer a qualquer pessoa de vez em quando, mas no caso de crianças com dislexia, mesmo descansando bastante, é quase uma situação de dia-a-dia.

O disléxicos sentem-se desorientados e confusos quando têm que, por exemplo,  recordar nomes, enumerar informação por ordem cronológica, encontrar um local onde já foram imensas vezes, dar os eu número de telefone ou apontar o email de um amigo.

É muito importante auxiliar o disléxico na reorganização constante do seu mundo e ensinar-lhe estratégias que permitam minimizar as suas dificuldades no dia-a-dia.