Dislexia e Tecnologia

Crianças e adolescentes com dislexia podem recorrer à tecnologia para colmatar as suas dificuldades e melhorar a aprendizagem, nomeadamente na leitura e na escrita. Diversas apps e programas podem ser usados regularmente para facilitar e promover a aprendizagem de novos conhecimentos e cimentar apetências escolares já adquiridas.

Então, como usar a tecnologia a favor dos alunos com dislexia?

  1. Permita a utilização de ferramentas tecnológicas com o propósito de facilitar|auxiliar a aprendizagem, tanto na escola como em casa;
  2. Analise as dificuldades e os pontos fortes e encontre a app| ferramenta tecnológica que se adapta melhor;
  3. Demonstre como utilizar a ferramenta e permita a experimentação.

Tecnologia de apoio à leitura

Normalmente os alunos com dislexia apresentam dificuldades na leitura e na compreensão|interpretação do que foi lido. Usar tecnologia de apoio facilita o processo de leitura e consequentemente melhora a compreensão. Aliás, melhora o próprio processo de ler, porque permite uma maior exposição às palavras e à forma correta de pronunciação, novo vocabulário e sintaxe.

A tecnologia não é uma muleta, à qual o aluno vai ter sempre de recorrer, mas uma forma de incrementar a qualidade da leitura e compreensão mesmo quando não a está a utilizar. A tecnologia auxilia nas dificuldades presentes, reduzindo sentimentos de incapacidade e frustração, ao mesmo tempo que prepara para situações futuras.

Encontra algumas apps e programas que ajudam na hora de ler e compreender o que foi lido: programas de leitura em alta voz, aprendizagem de vocabulário e outras funcionalidades. Rewordify, SpeakIt ou Read with Me são bons exemplos. Confira as nossas sugestões de tecnologia de apoio à leitura.

Tecnologia de apoio à escrita e soletração

Escrever pode ser moroso para alunos com dislexia, por isso permitir a utilização de tecnologia de apoio à escrita facilita o tirar apontamentos, fazer trabalhos e preparar o estudo. O tipo de tecnologia pode variar – de acordo com a necessidade e a idade do aluno – programas de escrita no computador, corretores ortográficos e gramaticais e organizadores de trabalhos escritos.

Naturalmente que é importante motivar o aluno a usar a escrita manual, mas a utilizar tecnologia para escrever e corrigir erros ortográficos e gramaticais deve ser incentivada.

Tecnologia para tirar apontamentos

Para alunos com dislexia tirar notas pode ser uma verdadeira tortura; normalmente não conseguem acompanhar o ritmo que o professor escreve no quadro ou escrever com a velocidade necessária para acompanhar o que é dito na aula. Por isso ter a possibilidade de tirar uma fotografia do quadro ou gravar a própria aula é realmente ideal!

Pode utilizar máquina fotográfica, gravador de repórter ou telemóvel|tablet que permite tirar fotos e gravar conteúdo. Naturalmente que é imprescindível conversar com os professores sobre estas situações, criando um entendimento relativamente a este assunto.