Dinâmica dos Animais

 

Dinâmica dos animais está especialmente direcionada para o estímulo da criatividade na escrita. Dinâmica dos Animais  facilita o auto-conhecimento e o conhecimento do outro.

O que precisa para Dinâmica dos Animais

A Dinâmica dos Animais destina-se a grupos numa fase inicial entre 8 a 20 pessoas, com idades superiores a 10 anos. Para realizar esta dinâmica precisa de uma sala ampla com cadeiras, folhas de papel e canetas.

Como fazer a Dinâmica dos Animais

Iniciando a dinâmica, o animador convida os participantes a prestarem atenção a si próprios para perceberem o seu estado de espírito naquele momento. Após uns instantes, em que cada elemento do grupo toma consciência do seu próprio sentir, cada participante verbaliza o seu estado de espírito. Por exemplo, triste, alegre, ansioso, desapontado, curioso.

Se um dos participantes sentir dificuldade em encontrar uma palavra que defina o seu sentir, o animador deve intervir no sentido de o ajudar. O animador aponta o nome do participante e a palavra escolhida.

Numa fase seguinte, o animador pede para que cada participante escolha um animal que represente o estado de espírito do momento. Por exemplo, associar curioso a golfinho.

Nas folhas, os participantes devem escrever uma história com o animal e a sua característica: o golfinho curioso, o cão ansioso, o gato stressado, etc.

Na parte final da dinâmica, cada participante irá ler a sua história para todo o grupo.

Se estiver a trabalhar com um grupo que apresenta dificuldades de aprendizagem, nomeadamente na leitura e na escrita, deve considerar retirar o elemento da escrita, trocando-o, por exemplo, pela gravação da história.