Dicas para Educadores de Epilépticos

 

Dicas para Educadores de Epilépticos, quer sejam pais ou professores, especificamente quando o aluno tem uma crise (exceptuando epilepsia de ausência ou pequeno mal).

Dicas para Educadores de Epilépticos

Na presença de uma crise deverão ser tomadas as seguintes medidas:

  • manter a calma e não tentar reanimar o aluno;
  • colocar o aluno no chão e pôr algo suave sob a sua cabeça;
  • virar o aluno de lado, para manter as vias respiratórias desimpedidas;
  • permitir que o fluido existente na boca possa ser drenado;
  • remover os objectos duros, com arestas ou quentes mais próximos;
  • não tentar restringir qualquer movimento do aluno;
  • aliviar a pressão da roupa desapertando-a;
  • não dar de beber ou engolir durante a crise;
  • não forçar a boca do aluno para que se mantenha aberta;
  • Não introduzir qualquer objecto na boca;
  • não prender a língua do aluno porque ele não a engolirá;
  • se o aluno caminha durante a crise remover objectos potencialmente perigosos;
  • Após a crise permitir o descanso, pois o aluno encontra-se exausto.