Dia Internacional da Síndrome de Asperger

Dia Internacional da Síndrome de Asperger celebra-se a 18 de Fevereiro. Dia Internacional da Síndrome de Asperger pretende lembrar esta síndrome e todas as crianças, adolescentes e adultos que são portadoras da mesma, assim como seus pais, familiares, profissionais e instituições.

Síndrome de Asperger

A expressão Síndrome de Asperger foi utilizado primeiramente por Lorna Wing em 1981 num jornal médico, homenageando Hans Asperger. A síndrome foi reconhecida pela primeira vez no Manual Diagnóstico e Estatístico de Desordens Mentais em 1994.

Síndrome de Asperger é um distúrbio do espectro autista afectando de forma profunda a vida e as actividades sociais mais básicas dos seus portadores.  Distingue-se do autismo clássico pois não implica atraso global cognitivo ou em termos de linguagem. Portadores desta síndrome apresentam diversas características específicas e diferentes sintomas.

Dia Internacional da Síndrome de Asperger

Celebra-se neste dia em honra de Hans Asperger, um pediatra de nacionalidade austríaca. Este médico publicou em 1944 um artigo numa revista especializada acerca de um conjunto de caracterísitcas de um grupo de crianças. Estas apresentavam algo que as distinguia do autismo propriamente dito.
Na década de 90 prevaleceu a ideia de que se tratava de uma variedade do autismo e um transtorno generalizado do desenvolvimento. Actualmente considera-se um sub-grupo dentro do espectro autista possuindo critérios próprios de diagnóstico e sendo muito mais comum do que o autismo clássico.

Celebre o Dia Internacional da Síndrome de Asperger

Este dia é particularmente importante para portadores da síndrome e seus familiares, mas não só. Todas as pessoas que trabalham com crianças ou adultos com esta síndrome percebem a importância deste dia. Esta é uma boa oportunidade para falar com os seus alunos sobre diferenças, sobre a inclusão de portadores desta síndrome.

Promova debates e sessões de esclarecimento sobre a temática, visite coma  sua turma um centro de apoio da sua área ou até mesmo coloque o seu grupo de alunos a prestar apoio numa dessas instituições. Promova a tolerância e a inclusão.